fbpx
Nonduality, Advaita. The end of suffering.

EN

Como você pode saber?

Como você pode saber se a iluminação de que está falando não é apenas imaginação?

No sonho, aparece a noção de uma pessoa que está perdida e em busca da verdade, do amor e da beleza. Essa pessoa sente sofrimento e quer se libertar dele. Essa libertação está associada à iluminação, ou a deus, ou à pedra filosofal, ou a uma pedra real, ou a anjos, mestres ascensos, tao, 88 virgens, paraíso, o que quer que seja.

Quando o sonho é desvendado, a noção de espiritualidade em si, torna-se irrelevante. Ela não é mais um problema. Não é mais uma busca. Tudo o que existe é consciência, presença, tao, o que quer que seja. E nesse campo da existência há sonhos de todos os tipos. Há o sonho do assassinato, o sonho da fama, o sonho da felicidade, o sonho da vitimização, o sonho do poder, o sonho do medo, o sonho da iluminação.

A iluminação não é mais um problema no sonho de Felipe. Não há ninguém que se liberte do sonho. Essa própria noção faz parte do sonho. Tudo o que existe é a presença. Não há ninguém para se preocupar com um sonho melhor. E o sonho “não-dual” muito comum de encontrar paz ao deixar o sonho não existe mais. O que existe agora é suficiente e justo, sem a menor exceção.

A perspectiva não iluminada nada mais é do que um mal-entendido emocionalmente carregado; uma suposição. Supõe-se que “eu” serei iluminado um dia, e que aquele cara, seja ele Buda ou Zé, é iluminado e é “coisa fina”. Isso faz parte do sonho da busca. Como todos os sonhos, ele tem de terminar. Na verdade, ele termina várias vezes durante o dia para o aspirante  devido a mudanças no foco da atenção e radicalmente à noite no sono profundo. Depois, ele recomeça. Na perspectiva “iluminada”, o ir e vir da preocupação consigo mesmo e do “todo” não ocorre mais. E, com isso, um tipo específico de sofrimento psicológico também cessa.

O espírito é pura simplicidade. Se o Estado Natural fosse complicado, especial ou distante, não seria chamado de Estado Natural. Ele é natural porque o artifício da autoseparação desapareceu e absolutamente nada tomou seu lugar. O Estado Natural não é natural por causa das muitas descrições e esperanças associadas a ele.

O Estado Natural é o estado normal dos seres humanos.

Nonduality, Advaita. The end of suffering.