fbpx

Desperto

O Sr. X diz que acordou e agora está acordado. Mas você disse que ninguém desperta.

Talvez seja uma questão de linguagem e semântica, talvez não. Não tenho como dizer. Portanto, você tem que descobrir por si mesmo de onde vem o que ele está dizendo. Peça-lhe que explique o que ele quer dizer, é para isso que servem os professores.

O que eu posso oferecer é falar a partir da minha experiência. O que quer que alguém diga não é da minha conta, sejam eles Buda ou Sr. X.

Na minha maneira de falar sobre o despertar, sou incapaz de pronunciar as palavras “Eu despertei”. Isso simplesmente não é verdade.

Eu nunca estive dormindo e nunca despertei. E sei de fato que isso é o mesmo para Você e para o Sr. X, aliás. Você não é o corpo, você não é a personalidade. O corpo e a personalidade dormem e acordam. Você não. Reflita sobre isto.

Em minha experiência, houve um evento que poderia ser chamado de despertar. Esse evento revelou, entre outras facetas, que ninguém desperta. Um mal-entendido sobre o que chamamos de “eu” ou “si mesmo” é revelado e o que resta são Coisas como Elas Realmente São.

A pessoa imagina que vai despertar. O despertar acontece, destrói essa imaginação e nada toma seu lugar.

Espiritualmente falando, “Eu” ou “estar desperto” são conceitos completamente sem significado em minha experiência agora. Eles são irrelevantes às Coisas como Realmente São.

A principal razão pela qual falo dessas coisas é porque esse despertar anuncia o fim do sofrimento e o fim da busca. Portanto, acho que é um assunto que vale a pena falar, tendo em vista que sofri por quarenta e tantos anos e algumas pessoas me ajudaram a esclarecer onde minha visão estava turva e abrir a porta para o despertar.

Uma pessoa não desperta ou se ilumina. O despertar ou a iluminação acontece “para” uma pessoa. E o que é revelado está além da pessoa ou é transcendente da pessoa, no entanto sempre presente.

mouse-red