fbpx

Eu Sou

O que é o senso de "Eu sou"?

Você deve ter tido a experiência quando acordou de manhã, antes de abrir os olhos e não sabe onde está e só existe um espaço escuro infinito, mas parece iluminado, e a luz brilha vindo de “você”. Não há pensamento e nenhuma emoção ou sensação, você não tem nome e não é ninguém.

O momento em que há consciência de “ser” ou “existir”, esse é o “Eu Sou”. O único conhecimento que está presente é o conhecimento que você é. E não é conhecido conceitualmente, é conhecido diretamente em consciência; a Consciência Pura manifestada.

O “Eu Sou” é a semente do mundo. É o princípio Criador manifestado. Esta é a consciência de Cristo da qual algumas pessoas falam. O Filho de Deus, ou seja: a Criação saída do Criador. A Manifestação saindo do Não-manifestado. Genesis.

Metafisicamente falando, na Criação o espaço aparece primeiro e depois o elemento Fogo: luz. "Que haja luz!"

Depois disso, os pensamentos surgem e as imagens aparecem na mente. Mesmo antes que os olhos se abram. Surge a imaginação. Esse é o elemento Ar. Ele surge depois do Fogo.

Assim, o mundo aparece camada por camada.

Depois dos pensamentos, surgem as emoções. O elemento Água. Memórias e conexões emocionais começam a aparecer.

Após as emoções, as sensações e o corpo são sentidos e surge a consciência do mundo físico. Esse é o elemento Terra.

Essa é a cosmologia. O modelo que acabo de descrever pode ser visto em muitos diagramas em várias tradições esotéricas, tanto orientais como ocidentais.

Quanto à psicologia, se a crença em ser uma entidade separada está presente, também surge o sofrimento psicológico. Devido aos repetidos padrões de pensamento, sentimento e sensação ao longo dos anos. Isto cria a impressão de que algo não está bem, ou que algo está errado na vida. Uma inquietação sutil, e muitas vezes não sutil mesmo.

A maioria das pessoas entra então em um estado onde não há mais questionamentos, há apenas repetição de percepções errôneas e idéias errôneas sobre a realidade. Portanto, o sofrimento psicológico se torna inevitável e persistente.

Com uma investigação adequada, começamos a olhar para dentro, com cuidado, em silêncio, sem pressa. A Verdade está aqui, não está oculta. Apenas um certo aspecto da mente está aparentemente obscurecendo-a. Uma vez que observamos bem o que está acontecendo, o apego às visões errôneas e a falsidade de nossas visões desaparece naturalmente. Como descobrir que o Papai Noel não existe.

A principal crença errada é na veracidade de uma entidade separada chamada “eu”. “Eu sou” é uma criação real, mas não é uma entidade separada. É a Pura Consciência que se manifesta espontaneamente e, posteriormente, toma a forma desta personalidade e corpo. Tudo isso é a manifestação da Pura Consciência Impessoal; e não precisa ser salva, corrigida, evoluir, ou ir para o céu, ou para o paraíso.

bird-red